Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto

Para a CPCCRD será sempre de primordial importância a formação dos seus dirigentes, dos seus trabalhadores(as) e assessores(as). Procuramos incrementar a mesma através dos protocolos e projetos que a cada dia estabelecemos.

Notícias de Formação Procurar

Qualificar os DAV, melhorar o desempenho do MAP

-

20 de janeiro de 2017

A CPCCRD continua a investir na formação e qualificação dos Dirigentes Associativos Voluntários (DAV), construindo uma oferta formativa alargada, generalista ou específica, procurando deste modo melhorar o desempenho do Movimento Associativo Popular (MAP).

Através de protocolos com as Autarquias (C.M. e J.F.) com módulos elaborados a partir de necessidades identificadas, a oferta assenta em preocupações mais urgentes como “Contabilidade e Fiscalidade”, Concepção e Gestão de Projectos, Produção e Gestão de Eventos, nomeadamente.

Esta oferta não esgota o plano de formação da CPCCRD. Novas procuras estimulam desafios para novas ofertas e, justamente, novas áreas. Para uma resposta mais eficaz, e também eficiente, procuramos “respostas à medida”, com novos temas, enquadrados na formação modular e/ou certificada, assinando um protocolo com o INOVINTER – Centro de Formação e Inovação Tecnológica. Desta forma, responderemos, também, ao cumprimento do imperativo legal que define formação profissional obrigatória (35 horas anuais) para entidades com trabalhadores assalariados o que poderá suprir o problema de inúmeras colectividades, neste domínio.

A Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura Recreio e Desporto (CPCCRD) vem defendendo, ao longo dos tempos, a necessidade de uma acção continuada para qualificar estas entidades da Economia Social (E.S.), com enfoque nos seus dirigentes e outros activistas. O nível de exigências que, diariamente, se colocam, em varias dimensões da actividade do MAP, requer competências específicas e gerais, imperativas para um desempenho eficaz e eficiente que não comporte riscos para a Organização e seus Dirigentes.

Aprofundar o conhecimento é intrínseco à condição do ser. Invista em si e na sua Colectividade. Adira à formação.

Clementina Henriques