Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto
Projetos

Os projetos são uma componente importante na vida da CPCCRD quer sejam na área do desporto para todos, na capacitação, na salvaguarda do acervo ou outras.

Notícias dos Projetos Procurar

Estruturação Associativa

-

19 de janeiro de 2017

O primeiro objectivo deste projecto continua a ser a filiação de colectividades como factor essencial para a estruturação. Em cada nova filiada, pode estar a possibilidade de uma nova estrutura e de novos dirigentes como factor de renovação e rejuvenescimento da nossa Confederação e do nosso movimento.

O nosso movimento tem vindo a dar passos na sua estruturação, embora ainda se verifiquem atrasos na constituição de federações distritais e associações concelhias. Temos que vencer este atraso histórico e estrutural. As decisões do CN face às estruturas deve ser considerada uma mais valia para dinamizar a constituição e funcionamento regular das estruturas descentralizadas.

Assim, tudo faremos para ajudar a normalizar o funcionamento das Federações Distritais de Viana do Castelo, Braga e Santarém.

Tudo faremos para que durante o ano de 2008 se venham a constituir de forma definitiva com processo eleitoral realizado (já existem Comissões Instaladoras) as Federações Distritais de Beja, Évora e Castelo Branco. Trabalharemos para constituir Comissões Instaladoras das Federações Distritais de Aveiro, Coimbra, Guarda, Leiria e Portalegre. No distrito do Porto, em cooperação com as estruturas descentralizadas já existentes, empenhar-nos-emos para a constituição de associações concelhias em Valongo e Maia (grande Porto); Vila do Conde e Trofa (Vale do Ave); Lousada e Felgueiras, (Vale do Sousa); Amarante e Baião (Vale do Tâmega).

De uma forma geral, onde não seja possível a constituição de Federações Distritais ou Associações Concelhias, procuraremos constituir a rede de Colectividades “ELO” que ligue as colectividades desses Concelhos ou Distritos à Confederação.

Mantém-se o compromisso de acompanhamento e apoio para as questões técnicas e estatutárias, assim como assegurar o pagamento das despesas de legalização das estruturas distritais.

A experiência tem mostrado a importância da estruturação do movimento associativo popular, tendo em vista o reconhecimento aos vários níveis a sua importância para a sociedade, a análise e organização do Movimento Associativo aos vários níveis, Confederação, Federações, Associações e Colectividades.

Até a presente data encontram-se inscritas na confederação 2766 Colectividades (mais 27 do que em 2007).